8 dicas para cuidar da saúde dos olhos

8 dicas para cuidar da saúde dos olhos

Colírios, lentes, exames e outras recomendações médicas para manter a visão em dia

Por Daniela Spilotros

Aproveitando que 10 de julho é o Dia da Saúde Ocular, esclarecemos algumas dúvidas com a médica Carla Moreira Albhy, oftalmologista do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e listamos os cuidados básicos que todos devem ter com a saúde dos olhos. São dicas importantes para o dia a dia, acompanhe.

Consulta anual com o médico oftalmologista é compromisso com a saúde - Foto: Divulgação

Consulta anual com o médico oftalmologista é compromisso com a saúde – Foto: Divulgação

1 – Visite o oftalmologista regularmente
Basta uma consulta anual para fazer os exames de rotina: tonometria (medida de pressão intraocular); refração (mede o grau dos óculos, se necessários) e fundo de olho (exame da retina e nervo óptico). São importantes para detectar doenças como glaucoma e degeneração macular, mais frequentes a partir dos 50 anos.

2- Não use qualquer colírio
Somente os colírios de lágrimas artificiais estão liberados para uso diário. É uma dica para quem trabalha em ambientes com ar condicionado e fica com o olho ressecado. A poluição também provoca esse desconforto. Atenção, pois aplicar outros colírios sem orientação médica pode causar até cegueira.

Leia mais: Atenção ao uso de colírios

3- Evite esfregar os olhos quando sentir coceira ou irritação
Além do risco de contaminação – infecções como a conjuntivite, por exemplo – isso pode lesar a córnea, que é a lente transparente mais superficial do olho. Na presença de ciscos ou coceira, lave com bastante água ou use um colírio de lágrima artificial.

4- Retire a maquiagem
Sombra, rímel, delineador ou qualquer outro item de maquiagem podem causar alergias e irritação. Evite o contato prolongado com a região dos olhos e prefira demaquilantes ou sabonete neutro para lavar pálpebras e cílios.

5- Higienize bem as lentes de contato
Existem vários tipos de lentes, rígidas ou gelatinosas, e com descarte que pode ser diário, quinzenal, mensal ou anual. É importante seguir as recomendações do fabricante e/ou desinfetá-las com soluções específicas (e não soro fisiológico). E nunca reutilizar o líquido.

6- Óculos escuros, só com proteção solar
Economizar na qualidade das lentes pode sair caro no futuro. Usar óculos sem proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB aumenta os riscos de doenças como a catarata e a degeneração macular.

7- Soro fisiológico para casos específicos
Nos casos de conjuntivite ou terçol, use o soro em compressas mornas ou geladas. Já quando algum produto agressivo entra em contato com os olhos, lave-os o quanto antes com água corrente ou soro fisiológico em grande quantidade. Se o desconforto continuar ou se a visão estiver embaçada, vá direto ao oftalmologista.

8- Evite olhar para a tela por longos períodos
O uso excessivo de computadores, tablets e celulares pode causar dores de cabeça e astenopia – a famosa vista cansada. Faça intervalos a cada duas horas, por pelo menos 10 minutos.

FONTE: https://coracaoevida.com.br/8-dicas-para-cuidar-da-saude-dos-olhos/

SITE: https://coracaoevida.com.br