APRENDA COMO CUIDAR DA SAÚDE DOS OLHOS COM 11 DICAS

APRENDA COMO CUIDAR DA SAÚDE DOS OLHOS COM 11 DICAS

Apesar de tão importante para o nosso bem-estar, a saúde dos olhos é constantemente negligenciada. Em geral, só nos preocupamos com ela de maneira mais específica quando surge algum problema, o que é um erro.

Para garantir que os seus olhos estejam sempre saudáveis, é importante adotar algumas medidas simples, porém, bastante eficazes. Muitas delas devemos praticar todos os dias para evitar que problemas se manifestem ou aqueles pré-existentes se agravem.

É importante saber que a sua saúde ocular depende muito de você e dos seus hábitos, mas não se preocupe, porque cuidar dos olhos não é difícil. Neste artigo explicaremos o que pode ser feito para evitar os problemas oculares e garantir uma boa visão. Confira!

1. MANTENHA SEUS EXAMES OFTALMOLÓGICOS EM DIA

Quando o assunto é a saúde dos olhos, prevenção é uma das dicas principais. Por isso, é fundamental que você faça seus exames oftalmológicos com a frequência recomendada pelo especialista.

É importante lembrar que algumas doenças oculares crônicas, como glaucoma, degeneração macular e retinopatia diabética normalmente não apresentam sintomas em seus estágios iniciais. Portanto, a melhor forma de detecção é mesmo através de exames preventivos.

2. INVISTA EM HÁBITOS SAUDÁVEIS

Que uma dieta equilibrada é a chave para uma vida mais saudável você provavelmente já sabia, mas será que também estava ciente de que alimentar-se corretamente pode ajudar a prevenir uma série de doenças oculares?

Isso porque, se você está livre das chamadas doenças sistêmicas — aquelas que afetam uma série de órgãos ou todo o corpo, como hipertensão e diabetes —, está automaticamente livre de problemas oculares relacionados a elas, como a retinopatia diabética e a hipertensiva.

Qual é a melhor maneira de evitar problemas de saúde como hipertensão e diabetes? Adotando uma alimentação saudável, ou seja, pobre em açúcares, carboidratos refinados, sódio e gordura.

A pessoa que, além de se alimentar corretamente, mantém outros hábitos saudáveis — como não fumar e evitar a exposição excessiva à radiação solar —, também evita a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), que é uma das principais causas de cegueira em pessoas com mais de 50 anos.

3. PROTEJA SEUS OLHOS DO SOL

É importante que você saiba que usar óculos de sol não é apenas uma questão de gosto pessoal ou estilo. Quando escolhidos adequadamente, eles ajudam a proteger a retina das radiações solares e de uma série de problemas de visão, inclusive a catarata.

Na hora de comprar seus óculos, atenção! Verifique se o modelo tem um selo de qualidade garantindo que suas lentes protegem a visão adequadamente contra os raios ultravioletas. Evite aqueles que não têm essa garantia, porque usá-los traz mais prejuízos do que benefícios.

Um erro bem comum é acreditar que os óculos são necessários apenas no verão. Isso não é verdade, já que durante o inverno os olhos também estão sujeitos à exposição aos raios ultravioletas, portanto, suscetíveis a agressões.

4. CONHEÇA O HISTÓRICO OCULAR DA SUA FAMÍLIA

É importante que você procure saber se seus parentes próximos tiveram problemas oculares e quais foram eles, pois muitas doenças relacionadas à visão são hereditárias. Porém, a existência de casos na família não é um fator determinante.

O histórico familiar ajuda o oftalmologista a direcionar o acompanhamento conforme as necessidades de cada paciente e o risco de desenvolver uma doença ocular mais séria. Assim, fica mais fácil obter um diagnóstico precoce, bem como recomendar medidas preventivas que garantam proteção extra.

5. USE O COMPUTADOR E/OU CELULAR DE MANEIRA ADEQUADA

Quando você passa muito tempo em frente à tela do computador ou atento ao celular, tende a abrir mais os olhos e a piscar menos. Essa prática reduz a lubrificação natural do globo ocular, essencial para a saúde dos olhos.

Para evitar problemas oftalmológicos decorrentes dessa prática, procure piscar com maior frequência e faça pausas de pelo menos 20 segundos para cada 20 minutos que passar olhando para a tela.

Também é importante manter o monitor a uma distância de 50 centímetros e, se for o caso, usar um colírio recomendado pelo seu oftalmologista. Além disso, procure ajustar corretamente as configurações da tela, especialmente no que diz respeito ao brilho, para que ela não fique clara demais.

6. EVITE O USO DE COLÍRIO SEM INDICAÇÃO

Você notou que na dica anterior falamos sobre o uso de colírio? O uso indiscriminado desse produto também pode trazer complicações para a saúde dos olhos.

Não podemos nos esquecer de que ele é um medicamento, portanto, deve ser receitado conforme a necessidade de cada pessoa. Sendo assim, evite a automedicação oftalmológica e procure utilizar colírios apenas com orientação de um profissional.

7. PROCURE NÃO COÇAR OS OLHOS

Não podemos negar que a coceira nos olhos realmente é incômoda, mas o ato de coçar é muito prejudicial e deve ser evitado. O esforço realizado sobre o globo ocular pode causar diversos problemas, como o descolamento da retina. astigmatismo, ceratocone, etc.

Além disso, a mão pode transferir sujeira e microrganismos nocivos para os olhos, desencadeando doenças. Então, quando a coceira se manifestar, procure piscar os olhos para tentar aliviá-la e, se necessário, lave-os com água para eliminar qualquer partícula que possa estar causando essa reação.

8. MODERE A INGESTÃO DE AÇÚCAR

O consumo excessivo de açúcar prejudica o organismo de um modo geral em função do excesso de glicose que se acumula no sangue. A saúde dos olhos também fica comprometida com essa dieta desequilibrada, em especial para quem já tem diabetes.

Esse excesso de açúcar no sangue pode desencadear a retinopatia diabética, que já citamos nesse artigo. O ideal para quem não tem diabetes é moderar o consumo de doces, e aqueles que já têm a doença devem mantê-la controlada e fazer um acompanhamento oftalmológico mais rigoroso.

9. ABSTENHA-SE DO CIGARRO

O cigarro faz mal para todo o organismo, sendo um fator de risco para diversas doenças e provocando danos significativos também à saúde dos olhos. Isso acontece porque as toxinas presentes nele prejudicam a circulação sanguínea.

Portanto, procure se abster do hábito de fumar para não favorecer o desenvolvimento da degeneração macular, da catarata, nem causar danos ao nervo óptico. Você sabia que, nesse último caso, o indivíduo pode perder a visão por completo?

10. PRATIQUE ATIVIDADES FÍSICAS REGULARMENTE

A prática regular de atividades físicas é fundamental para fazer a prevenção das doenças sistêmicas que citamos, sendo o diabetes, a hipertensão e a alta do colesterol. Como todos esses fatores estão relacionados à saúde dos olhos, fazer exercícios também protege a sua visão.

Além de prevenir esses problemas, as atividades físicas melhoram o funcionamento do coração e ativam a circulação sanguínea. Assim, os nutrientes e o oxigênio chegam com mais facilidade ao globo ocular, garantindo a sua boa saúde.

11. RESPEITE SEU TEMPO DE DESCANSO

Explicamos que é importante fazer pausas quando estiver usando o computador ou celular. Elas permitem que os olhos se hidratem corretamente e também garantem um pouco de descanso para eles. Mas você precisa respeitar, também, seu tempo de sono.

Todo o organismo precisa dessa pausa para recuperar as suas energias e os olhos se recuperam enquanto dormimos. Sendo assim, procure investir na qualidade do seu sono e durma uma quantidade de horas suficiente, para evitar a fadiga ocular e outros problemas.

Seguindo essas dicas simples fica mais fácil manter a saúde dos olhos sempre em dia. Não se esqueça de que essa é uma ação que deve ser conjunta, realizada por você no dia a dia e com acompanhamento de um oftalmologista, a fim de garantir toda a proteção para sua visão.

Qual desses cuidados você já adota em sua rotina? Deixe um comentário e conte para a gente de que maneira cuida da saúde dos seus olhos!

FONTE: https://retinapro.com.br/blog/aprenda-como-cuidar-da-saude-dos-olhos-com-5-dicas/

SITE: https://retinapro.com.br/