CUIDADOS QUE VOCÊ DEVE TER COM A SAÚDE DOS OLHOS

CUIDADOS QUE VOCÊ DEVE TER COM A SAÚDE DOS OLHOS

Além de adotar um cardápio saudável para garantir aos olhos todos os nutrientes que eles precisam, também é importante adotar outros cuidados. Essas ações se complementam e contribuem com a prevenção de problemas e doenças que dificultam a visão ou levam a sua perda gradativa.

Lembre-se de que o nosso corpo funciona como uma engrenagem única, ou seja, todas as partes devem estar bem — tanto de forma individual quanto em relação ao grupo — para que todo o organismo funcione perfeitamente. Por isso, vamos listar agora uma série de cuidados que você deve começar a adotar a partir de agora, a fim de manter a sua visão sempre saudável. Tal qual seus olhos, todo o seu corpo também vai agradecer!

PRATIQUE ATIVIDADES FÍSICAS

Esse é um conselho geral, dado por todos os médicos e profissionais relacionados às áreas de saúde — e não é por acaso. O nosso corpo não foi mesmo feito para ficar parado, e os benefícios de se movimentar são percebidos logo nos primeiros dias de atividade.

Os exercícios físicos também ajudam a metabolizar os nutrientes, controlar o peso corporal e eliminar toxinas. Além disso, de forma indireta, como já dissemos, as atividades físicas também auxiliam no controle de doenças que afetam a visão, como o diabetes (que causa retinopatia) e o colesterol alto.

HIGIENIZE OS OLHOS

Estamos expostos, diariamente, a diversos agentes contaminantes que podem fazer mal aos nossos olhos, por isso, esteja sempre atento para remover secreções e impurezas que causam alergias e irritações. Vale a pena lembrar de que tais influências externas vão muito além da poluição, que é o nosso primeiro pensamento. Cosméticos, ar seco, vento e bactérias são muito prejudiciais à nossa visão e uma correta higiene pode evitar maiores problemas.

Entre os mais comuns, estão as doenças inflamatórias (como as conjuntivites) e as doenças das pálpebras (como as inflamações da borda da pálpebra), que podem evoluir e causar maiores complicações nos olhos, especialmente na córnea. Por fim, no cenário da pandemia de coronavírus, muitos estudos indicaram que os olhos podem ser a porta de entrada do vírus em nosso corpo — assim como acontece com várias outras doenças. Portanto, todo cuidado é pouco.

EVITE TOCAR OU COÇAR OS OLHOS

Nesta dica, os motivos são semelhantes à necessidade de higiene dos olhos: ao tocar e coçar a região, podemos levar impurezas para os olhos — e, como vimos, ainda que seja de forma superficial, tais agentes externos podem causar inflamações desagradáveis que, por sua vez, podem vir a se tornar problemas mais sérios.

NÃO SE ESQUEÇA DE PISCAR

Por causa do aumento do uso de dispositivos eletrônicos, como os celulares e os computadores, tem aumentado o número que pessoas com a queixa do olho seco. Contudo, ao contrário do que possa parecer em um primeiro momento, não é exatamente a luz emitida por esses aparelhos (ou qualquer outro motivo relacionado diretamente a eles) que causa o problema.

O fato é que as pessoas simplesmente piscam menos. Com isso, a lubrificação dos olhos não é feita da forma correta e surge o problema do olho seco. Por isso, ao perceber os sintomas típicos do ressecamento ocular — como fadiga, olhos ressecados, desconforto visual, que pode chegar ao embaçamento da visão ou dor de cabeça—, procure o seu oftalmologista, mas também fique atento se você não está “vidrado” na tela, literalmente sem piscar.

EVITE O TABAGISMO

Os males causados pelo cigarro são muitos, mas você sabia que esse hábito também prejudica a saúde dos olhos? Em poucas palavras, podemos dizer que as toxinas presentes no cigarro afetam a circulação sanguínea de forma geral, inclusive na região ocular, e podem causar problemas como catarata, degeneração macular e lesões no nervo óptico.

Além dessas doenças mais graves, o cigarro também pode agravar os casos de olho seco — do qual acabamos de falar —, bem como alergias oculares. Isso porque a exposição à fumaça pode irritar e secar os olhos, causando o ressacamento. Ainda, provocar sintomas como coceira, vermelhidão e lacrimejamento. Em pessoas que usam lentes de contato, o quadro pode ser ainda pior. Vale ressaltar que o olho seco causado pela fumaça do cigarro pode ocorrer, inclusive, em fumantes passivos.

FAÇA ACOMPANHAMENTO COM UM OFTALMOLOGISTA

A maioria das pessoas procura um oftalmologista apenas quando percebe um problema mais grave nos olhos, como uma irritação persistente, dificuldade em enxergar ou excessivos casos de dor de cabeça. Nos pacientes que precisam de lentes corretoras, essa consulta costuma acontecer uma vez por ano (ou de acordo com a recomendação médica).

Contudo, se consultar periodicamente com um especialista traz muitos benefícios. Ele pode, por exemplo, ajudar a complementar os seus cuidados em casa, orientá-lo em relação a essas atitudes, identificar e tratar problemas logo no início — o que, como você já viu durante essa leitura, é essencial para evitar quadros mais graves.

Levar uma vida saudável e consumir alimentos bons para os olhos faz uma grande diferença em nosso dia a dia, não apenas para melhorar e proteger a visão, mas também para ajudar no funcionamento de todo o organismo.

Por isso, adote, a partir de agora, as nossas dicas e cuide melhor da saúde do seu corpo e também da sua visão. Afinal, os olhos podem ser a porta de entrada para muitas doenças, mas também são as janelas da nossa alma — portanto, merecem todo o cuidado.

Gostou das sugestões? Então, compartilhe, agora mesmo, este texto com os seus amigos nas redes sociais para que eles também aprendam a cuidar melhor dos olhos!

FONTE: https://retinapro.com.br/blog/saude-dos-olhos/5-alimentos-essenciais-para-a-saude-dos-olhos/