Saiba mais sobre as causas e o tratamento do glaucoma

Saiba mais sobre as causas e o tratamento do glaucoma

Não importa como nem quando, há sempre muita curiosidade em torno do glaucoma: suas causastratamentos e outras informações. Com o objetivo de esclarecer todas as suas dúvidas a respeito da doença e de servir como guia para auxiliar no diagnóstico e tratamento, vamos detalhar a seguir as principais características desta doença.

Na maioria dos casos, o surgimento do glaucoma é caracterizado pelo aumento da pressão intra-ocular. Em média, essa pressão é de 14 a 16 mmHg (milímetros de mercúrio, a unidade de medida convencional da pressão ocular). Para quem possui pressão acima de 22 mmHg, é preciso atenção. Com este aumento da pressão, as células nervosas do olho se comprimem e são danificadas, o que prejudica a visão.

Não é em todos os casos de glaucoma que há dor pelo paciente, o que faz com que a doença passe despercebida em alguns casos. Por conta disso, é necessário o acompanhamento de um oftalmologista para que o diagnóstico seja feito o quanto antes, já que, se diagnosticado tarde, o glaucoma é irreversível.

O tratamento do glaucoma promove a estabilização da doença, a fim de retardar o aumento da pressão intra-ocular. Alguns fatores, como a idade do paciente, costumam trazer riscos para o tratamento. A doença pode ser tratada com colírios, medicamentos por via oral e cirurgia. Em todas as condições é essencial o acompanhamento de um oftalmologista que conheça o histórico de saúde do paciente e o acompanhe até o fim do processo.