3 razões para evitar ficar no celular antes de dormir

3 razões para evitar ficar no celular antes de dormir

Como um fiel cão de guarda, seu smartphone provavelmente fica bem próximo (ou mesmo sob o travesseiro) todas as noites quando você vai dormir. Você é capaz de atender chamadas, mensagens de texto e e-mails a qualquer momento, mesmo durante as primeiras horas da noite.

E essa não é a melhor parte da tecnologia? Sempre conectado e nunca realmente desligando ou desconectando?

Não tão rápido.

Você provavelmente nem percebe como seus hábitos no smartphone estão afetando seu sono e a saúde de seu cérebro. O que pode parecer um hábito inofensivo para você (pular na cama e abrir o telefone) pode, na verdade, ter um grande impacto na sua saúde.

Então resolvemos te lançar alguma luz sobre esse hábito de sabotar o sono.

Em 3 pontos que seguem abaixo:

  1. Mantém sua mente psicologicamente ocupada

Os smartphones foram projetados para nos tornar mais produtivos e nossas vidas mais fáceis. Eles são feitos para nos entreter e fornecer informações. Mas quando é hora de desligar as luzes e ir dormir, a última coisa que nosso cérebro precisa é de mais informações e mais entretenimento. E isso parece justo já damos aos nossos cérebros o suficiente para pensar durante o dia.

Verificar o telefone estimula o cérebro para que estejamos mais ativos e despertos. Mesmo uma que seja uma verificação rápida.

O que pode tornar esse hábito ainda pior é sentir a necessidade de estar constantemente conectado e disponível. A era do smartphone nos forçou a sentir que nunca poderemos realmente desconectar, mesmo quando estamos dormindo.

Sua mente pode permanecer ativa e envolvida por muito tempo depois de percorrer o Instagram ou responder a alguns e-mails de trabalho. Ir para a cama e adormecer deve ser uma experiência tranquila, feliz e relaxante. Usar o telefone muito perto da hora de dormir pode impactar negativamente esses sentimentos.

  1. A luz azul da tela suprime a melatonina

A luz azul que seu smartphone emite não é ruim apenas para a sua visão, mas também para o seu cérebro. Existe uma correlação entre os níveis suprimidos de melatonina e a exposição à luz azul. A melatonina é um hormônio responsável por controlar o ciclo sono-vigília. Então, quando seu corpo fica sem ele, você pode sentir insônia, cansaço durante o dia e irritabilidade.

A luz azul do seu telefone é uma cor artificial que imita a luz do dia. Isso pode ser ótimo durante o dia, pois pode fazer você se sentir mais alerta, mas é exatamente o oposto do que você precisa à noite, quando você está relaxando.

A exposição à luz azul pode afetar seu relógio biológico interno e alterar seu ritmo circadiano. Este ritmo está em sintonia com a luz e a escuridão. É por isso que você se sente mais cansado à noite quando o sol começa a se pôr e porque você se sente mais energizado pela manhã quando está claro.

Adicionar a luz azul artificial do seu telefone antes de dormir perturba o relógio interno e o ritmo do seu corpo.

  1. As propriedades de alerta atrasam o sono R.E.M.

Você provavelmente sabe o que é navegar pelo Facebook logo antes de dormir e ver algo que o deixa chateado.Até mesmo ver algo antes de dormir que o deixa feliz pode desencadear uma resposta que prolonga o adormecimento, o que, consequentemente, atrasa o sono REM.Essas emoções podem deixá-lo olhando para o teto por horas, sentindo-se bem acordado.

Verificar o telefone antes de dormir pode causar distrações, pensamentos e ansiedade. E não é apenas o estado de alerta que você obtém em sessões noturnas de mídia social.

É pensar ou sentir seu telefone saindo sob o travesseiro. Ele está atento àquele e-mail avisando que um projeto está avançando.

Tudo sobre o seu telefone deve tornar sua vida mais fácil e entretê-lo, mas o que ele realmente faz à noite antes de dormir é exatamente o oposto.

Está distraindo você, mantendo você acordado, estimulando seu cérebro e atrasando o sono R.E.M.

Então o que você deveria fazer?

Se você é um usuário noturno de tecnologia, é importante definir algumas regras básicas para uso próximo à hora de dormir.

Recomenda-se cortar o tempo de tela 1 hora antes de dormir, mas também há benefícios em interromper apenas 30 minutos antes de dormir.

E com certeza os smartphones são normalmente os principais culpados, mas mesmo os tablets e TVs podem emitir luz azul que pode contribuir para o sono insatisfatório.

É importante estabelecer uma rotina relaxante na hora de dormir e desencorajar atividades que podem levar à ansiedade ou uma alta resposta emocional.

Escolha atividades noturnas que promovam o sono.

Se você está realmente lutando para limitar o tempo de tela antes de dormir, tente colocar seu telefone em um cômodo diferente e investir em um rádio-relógio para sua mesa de cabeceira.

Existem também opções no seu telefone (como configurá-lo no “modo noturno”) para minimizar distrações e notificações que podem ajudá-lo a adormecer.

FONTE: https://www.holhosoftalmologia.com.br/blog/2021/03/04/3-razoes-para-evitar-ficar-no-celular-antes-de-dormir/