BOA ALIMENTAÇÃO CONTRIBUI PARA A SAÚDE DOS OLHOS

BOA ALIMENTAÇÃO CONTRIBUI PARA A SAÚDE DOS OLHOS

A alimentação é o ato de ingerir alimentos que atendam as necessidades de manutenção, crescimento, trabalho, restauração e manutenção de tecidos. Ela envolve diversos processos importantes e complexos a fim de manter o equilíbrio orgânico evitando doenças e isso inclui a visão.

Alimentar-se é bem mais do que a satisfação de matar a fome e quando incluímos a saúde dos olhos é possível evitar uma série doenças através de uma dieta balanceada.

Veja nesse artigo os 6 alimentos que contribuem para a saúde dos olhos. Confira!

Por que devemos ter uma dieta balanceada?

A dieta balanceada não tem a ver com altos gastos em produtos ou privação total de alguns alimentos, mas sim, em fazer escolhas conscientes e manter bons hábitos para uma vida longeva.

Quando falamos sobre a importância em manter uma dieta balanceada, nos referimos àquela que contém um cardápio bem variado contendo frutas, legumes, verduras, proteínas e hortaliças.

Os nutrientes presentes nesses alimentos possuem funções específicas e regulam o bom funcionamento do organismo. São eles os carboidratos, lipídios, proteínas, vitaminas, minerais, água e fibras.

Quando são ingeridos de maneira correta os benefícios são sentidos no corpo de dentro para fora. Alguns exemplos de benefícios são o fortalecimento da imunidade que protege o organismo da invasão de microrganismos, combate aos radicais livres evitando doenças, controle da pressão arterial e do açúcar no sangue.

Alguns nutrientes se destacam quando o assunto é a saúde do globo ocular, pois atuam de forma mais direta. Vamos conhece-los a seguir.

Os alimentos que devem estar na dieta para manter a saúde dos olhos

Temperos

  • Alho e Cebola: Temperos presentes na maioria dos refogados, essa dupla é uma grande fonte de vitamina B, C e minerais como cálcio e fósforo além de possuir propriedades antimicrobianas. Juntos são capazes de melhorar a circulação sanguínea, auxiliam na redução da pressão arterial e ajudam no controle do colesterol. Quando não existe um balanço alimentar e houver um desequilíbrio no organismo, isso pode influenciar no surgimento de doenças com consequências na saúde dos olhos como o glaucoma e catarata.
  • Azeite de Oliva: rico em ômega 3, vitamina E e polifenóis esse azeite age contra a corrosão da mácula protegendo o globo ocular, retarda o envelhecimento precoce e ainda possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam a prevenir o câncer.

Grãos e Sementes

  • Cereais Integrais: grandes fontes de manganês que possui propriedades antioxidantes e auxilia na prevenção da catarata.

Incluir no cardápio: produtos integrais como pães, biscoitos, bolachas, massas, farinha, etc.

  • Óleo de Linhaça: muito utilizado em dietas é rico em ômega 3, ômega 6 e ômega 9 são capazes de fortalecer o sistema imunológico e evitar varias doenças oculares como a síndrome do olho seco, por aumentar a hidratação dos olhos, e a degeneração macular.

Frutas, Legumes e Verduras

  • Abacate: Fruta rica em duas substâncias poderosas a luteína e a glutationa. A luteína é capaz de prevenir a degeneração macular e o desenvolvimento de catarata e a glutationa, sendo um antioxidante, atua prevenindo do envelhecimento precoce e do câncer.
  • Alaranjados e Amarelos: são ricos em vitamina A e betacaroteno. Tem ação antioxidante e combate o desgaste da mácula além de prevenir o envelhecimento precoce. A cenoura, por exemplo, é fonte de vitamina A e C e carotenoides, nutrientes capazes de retardar o aparecimento de doenças crônicas como glaucoma e catarata e evita o desenvolvimento do distúrbio chamado cegueira noturna causada pela falta de vitamina A no organismo.

Inclua no cardápio: cenoura, tangerina, laranja, mamão e abóbora.

  • Avermelhados: são ricos em vitamina C, antioxidantes e flavonoides que combatem os radicais livres e contribui na prevenção da perda de visão e da degeneração macular.

Inclua no cardápio: morango, amora, cereja, framboesa, mirtílo e maçã.

  • Verduras Verde – Escuro: Verduras com essas características apresentam maior concentração de luteína, carotenoides, zeaxantina e vitaminas, além de possuir ação anti-inflamatória, cicatrizante e previnem a anemia devido à presença do ácido fólico. Ajuda a proteger a visão, melhora a percepção de brilho, visão à distância e aumentam a quantidade de oxigênio distribuído pelo corpo e pelas células dos olhos.

Inclua no cardápio: couve, brócolis, espinafre e salsa fresca.

Proteínas

  • Ovos: São proteínas ricas em zinco, luteína e zeaxantina, nutrientes com forte poder antioxidante, que atuam prevenindo a degeneração macular e a catarata.
  • Peixes de Água Salgada: a inclusão de peixes na dieta é uma ótima escolha para cuidar da saúde dos olhos, em especial os peixes de água salgada. São proteínas ricas em ômega 3, ácidos graxos e vitaminas A, B, D e E, melhoram a circulação sanguínea levando mais oxigênio e nutrientes para todo o organismo, inclusive para as estruturas oculares como a retina. Previne doenças como a síndrome do olho seco, amenizando a vermelhidão e a coceira. Além disso, combatem os radicais livres, ou seja, evitam o envelhecimento precoce das células.

Inclua no cardápio: Salmão, Sardinha, Cavala, Truta, Atum e Bacalhau.

  • Fígado: rico em vitamina A fundamental para manter uma boa visão e hidratação da superfície ocular. A falta dessa vitamina causa problemas em três estruturas oculares importantes: retina, conjuntiva e córnea e como consequência existe uma diminuição da sensibilidade à luz podendo agravar para uma cegueira total.

Nesse artigo, você aprendeu que uma alimentação rica em nutrientes mantém o bom funcionamento do organismo e pode fazer total diferença na saúde ocular.

Os temperos, grãos, sementes, frutas, legumes, verduras e proteínas que citamos no texto são comuns em nossa mesa, mas pouco valorizados nutricionalmente.

Porém,  são capazes de evitar doenças o glaucoma quando o paciente desenvolve uma elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo e pode comprometer a visão; degeneração macular que provoca perda no centro do campo de visão; catarata doença que apresenta opacidade do cristalino podendo avançar para a perda total da visão e a síndrome do olho seco que acontece quando as lágrimas não fornecem a umidade adequada causando desconforto e sensibilidade nos olhos.

Consulte um oftalmologista sempre que perceber algum incômodo em sua visão.

FONTE: https://www.retinasp.com.br/boa-alimentacao-contribui-para-a-saude-dos-olhos/