ESPECIALISTAS RECOMENDAM CONSUMO REGULAR DE ALIMENTOS RICOS EM VITAMINA C PARA MANTER A SAÚDE DOS OLHOS

ESPECIALISTAS RECOMENDAM CONSUMO REGULAR DE ALIMENTOS RICOS EM VITAMINA C PARA MANTER A SAÚDE DOS OLHOS

Nutrientes como a vitamina C e a vitamina A previnem doenças oculares, retardam a degeneração dos tecidos e cegueira noturna

É do conhecimento popular que diversificar a alimentação com produtos ricos em vitaminas, minerais e proteínas ajuda a manter a forma e, sobretudo, a saúde. Para além do estético, comer bem também auxilia a prevenir doenças oculares e retardar a degeneração dos tecidos dos olhos. De acordo com o médico oftalmologista, Massilon Vasconcelos, da Clínica de Olhos Massilon Vasconcelos, a adoção de hábitos saudáveis compõe a melhor estratégia de prevenção e cuidado com a saúde dos olhos. Além disso, o especialista recomenda consultas periódicas para um melhor encaminhamento e uso de óculos escuros com proteção UVA/UVB.

Entre as indicações, está o consumo de alimentos ricos em vitaminas A, C e Ômega 3. Frutas vermelhas são ricas em vitamina C e possuem nutrientes com função antioxidantes e ricos em flavonoides. Ou seja, combatem os radicais livres e auxiliam na prevenção de perda de visão. Outro fator importante desses alimentos é a prevenção da degeneração dos tecidos oculares, além de fortalecerem o sistema imunológico, prevenindo infecções por micro-organismos patógenos.

Como aponta a nutricionista Taís Nobre, não é preciso gastar muito para encontrar frutas e verduras ricas em vitaminas essenciais para o organismo. Ela exemplifica alguns produtos de fácil acesso, como a acerola, laranja, abacaxi, goiaba, limão e caju. “Estudos evidenciam que, quanto mais antiinflamatória é a nossa alimentação, mais saúde podemos promover aos nossos olhos, como alimentos ricos em Ômega 3, que é o caso dos peixes, do abacate e oleaginosas, como as castanhas, as nozes e as amêndoas”, reforça a especialista.

Além das frutas vermelhas, as amarelas e verdes também entram nesta lista. Elas previnem a deterioração da mácula, área responsável por enxergarmos as cores, por serem ricas em carotenóides. Já os alimentos alaranjados são ricos em vitamina A e betacaroteno, que funcionam como antioxidantes e ajudam a proteger a retina. Além disso, o baixo nível de vitamina A pode causar cegueira noturna – dificuldade de enxergar durante a noite ou em ambientes com pouca luminosidade.

Frutas, verduras verdes e ovos não ficam atrás. Enquanto os primeiros têm, em sua composição, luteína e zeaxantina, que são antioxidantes e possuem ação anti-inflamatória e cicatrizante, o ovo possui vitaminas, minerais, proteínas e gorduras que fazem bem à saúde. Entre elas, estão a luteína, zeaxantina, Vitamina C, Vitamina E e Zinco, que ajudam a minimizar as chances de degeneração macular, a proteger os olhos contra a cegueira noturna e olhos secos.

Em meio a esses elementos nutricionais, há ainda o ácido fólico, um mineral que estimula a produção de sangue e previne a anemia. “O ácido fólico, um mineral encontrado em frutas e verduras, estimula a produção de sangue e previne a anemia, que pode vir a alterar a cor da mucosa ocular, devido ao baixo nível de hemoglobina. Outra substância importante no organismo é o betacaroteno, que se transforma em vitamina A, útil para a retina (membrana interna no olho) e ajuda na captação de luz e gera o estímulo visual”, completa o oftalmologista.

FONTE: http://gironacidade.com.br/especialistas-recomendam-consumo-regular-de-alimentos-ricos-em-vitamina-c-para-manter-a-saude-dos-olhos-e-dao-dicas-do-que-comer-para-enxergar-melhor/